O tablóide popular da cidade de Guarulhos SP

Anac revela impacto de quase R$ 900 milhões na concessão do Aeroporto de Guarulhos por conta da pandemia


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reconheceu o impacto decorrente da pandemia de cerca de R$ 900 milhões no contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Guarulhos, responsável pela maior parte do valor de mais de 1 bilhão envolvendo outros equipamentos de transporte aéreo.
O valor reconhecido pela agência, e que serão descontados das outorgas, são de R$ 854,9 milhões para os gestores do Aeroporto de Guarulhos, administrado pelo GRU Airport e que tem como sócia a Invepar. Os reequilíbrios ainda precisam de aval da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do Ministério da Infraestrutura, cujo ministro, Tarcísio de Freitas, vem defendendo há meses a necessidade de revisão dos contratos diante dos efeitos da pandemia.
Na semana anterior, o ministro afirmou que os reequilíbrios dos contratos de concessão aeroportuária já estavam “quase prontos”, em evento em que voltou a lembrar que o leilão de mais 22 aeroportos do país será realizado no primeiro trimestre de 2021.
“Tais reequilíbrios observam o estrito cumprimento dos contratos de concessão… além de mostrar para os potenciais investidores das próximas rodadas que a agência preza pela segurança jurídica e estabilidade regulatória”, afirmou a Anac em comunicado à imprensa.
Segundo a Anac, no caso de Guarulhos, a movimentação de passageiros prevista para entre março e outubro deste ano num cenário sem a ocorrência da pandemia seria de 25,9 milhões, enquanto o fluxo observado foi de 8 milhões.

Share:

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Mais recentes